cerveja witbier

Witbier: tudo sobre a belga cítrica e refrescante!

A cerveja Witbier é a cerveja de trigo tradicionalmente produzida na Bélgica.

Além do trigo e da cevada, na sua composição também é levado semente de coentro e casca de laranja, dando a essa bebida belga um sabor mais cítrico e bem leve e refrescante.

Você sabia que essa bebida quase se extinguiu?  Ela existiu durante 400 anos, mas sua produção morreu em 1950, e só no ano de 1966 que um leiteiro da cidade de Hoegaarden, chamado Pierre Celis retomou a produção dessa bebida, com uma cerveja em homenagem a sua cidade — a história completa você confere aqui.

Depois desse renascimento, ela caiu no gosto popular e ganhou certa notoriedade, sendo muito consumida no verão. Abaixo vamos falar tudo sobre essa bebida deliciosa que agrada os paladares dos amantes de cervejas mais exigentes.

O que é Witbier?

O nome Witbier em sua tradução literal do flamenco quer dizer “cerveja branca”, você também pode encontrá-la com o nome de Belgian White ou Belgian Wite, dado por americanos.

Geralmente, associamos a produção de cerveja ao lúpulo, porém no século XVI as coisas não eram assim. A adição do lúpulo na cerveja só iniciou a se tornar popular a partir da promulgação da Reinheitsgebot, a “Lei da Pureza da Cerveja” alemã de 1516. Tradicionalmente, a cerveja era feita com um “gruit” que era uma mistura de especiarias que davam aroma e amargor a cerveja. 

Nesta época  havia uma troca muito grande de especiarias vindas dos mais diversos lugares e obviamente que essas especiarias começaram a invadir a culinária da Bélgica e logo estavam também presentes na fabricação da cerveja.

Assim começaram as surgir as primeiras cervejas Witbiers, feitas com trigo e malte de cevada, sendo condimentada com casca de laranja e coentro.

Hoje a cerveja Witbier já é muito consumida no Brasil e no mundo inteiro. Ela é vendida principalmente no verão, pois possui alta refrescância e agrada o paladar de todo bom cervejeiro.

Características da cerveja Witbier

As características da cerveja Witbier são bem fáceis de serem percebidas.  Na aparência, por exemplo, ela é turva e possui uma cor que vai de palha a amarelo, devido ao uso do malte do trigo claro.

Além disso, ela possui também baixo IBU, sendo considerada uma cerveja com um alto “drinkability” por cervejeiros iniciantes, não tão acostumados com um alto amargor de outros estilos.

No seu aroma é possível perceber de maneira moderada o trigo, remetendo a miolo de pão, além do cítrico da laranja e o condimentado herbal da semente de coentro.

O lúpulo não é o protagonista da cerveja Witbier, assim como na Weissbier. Então esse é um ingrediente que se deve passar despercebido, não sobrepondo as outras características mais marcantes do estilo, sendo adicionado apenas para adicionar um leve amargor para contrabalancear o dulçor.

O seu sabor é leve e agradável, sendo possível perceber também nos sabores o cítrico e condimentado, além de uma leve acidez refrescante característica do estilo, que traz ainda mais drinkalibilty, ou seja, aquela vontade de dar um próximo gole.

A espuma da cerveja Witbier é densa, branca, e persistente devido ao alto teor de proteínas do trigo.

O estilo possui alta carbonatação, o que lhe dar uma leve sensação picante na língua, e traz ainda mais drinkability. A graduação alcoólica gira em torno de 5% abv, e o álcool não sobressai no sabor.

Os ingredientes clássicos utilizados são o malte de cevada, malte de trigo e/ou trigo não-malteado, lúpulo, levedura belga, e o diferencial: a casca de laranja e  a semente de coentro.

Mas o estilo não fica engessado na casca de laranja e semente de coentro. Muitos homebrewers e até grandes cervejarias abusam da criatividade e tem suas próprias versões onde substituem a casca de laranja por casca de limão siciliano, limão taiti, tangerina, ou outros cítricos. Também adicionam outros condimentos além da semente de coentro, como pimentas, camomila, noz-moscada, anis, entre outros, para dar mais complexidade.

Copo da Witbier

Como um bom cervejeiro, você deve saber que o copo faz toda diferença no momento da degustação, por isso existem diversos tipos para as mais diferentes bebidas.

No caso da cerveja Witbier o copo recomendado é chamado Tumbler, que possui a boca estreita, ideal para essa bebida que tem baixa formação de espuma.

Este copo não possui hastes, possuindo a base plana e a boca com diâmetro maior ou igual a base. O Tumbler ficou muito conhecido como o copo tradicional da cerveja Hoegaarden, criada pelo belga Pierre Celis, responsável por reviver o estilo Witbier.

Conheça os tipos de copo, entenda as diferenças e quando usar cada um deles nesse nosso artigo.

Diferença entre Witbier e Weissbier

A primeira diferença entre esses dois estilos de cerveja está no surgimento, já que a Witbier nasceu na Bélgica e a Weissbier tem origem da Bavária, região da Alemanha.

Outro ponto importante que demonstra a diferença entre elas está no aspecto: A weissbier é um pouco mais escura, indo de um dourado à alaranjado, enquanto a Witbier é mais clara, sendo muitas vezes esbranquiçada, não passando do amarelo-ouro.

Além disso, a Weissbier tem o aroma que remete a banana e cravo, mesmo esses ingredientes não sendo utilizados na fabricação. Estes aromas são provenientes da sua levedura clássica, sendo gerados durante a fermentação.

Já a cerveja Witbier – como você já sabe – os aromas principais são provenientes da a adição de cascas de frutas cítricas e de especiarias durante a sua produção, o que não ocorre na cerveja alemã.

No próprio sabor é possível perceber a distinção entre a Witbier e Weissbier: essa última é mais adocicada e frutada, remetendo a banana e baunilha, além do condimentado que puxa para o cravo. Já Witbier tem o gosto mais crítico, e um condimentado levemente herbal e apimentado. 

Na sensação de boca, a Witbier é mais seca e refrescante que a Weissbier.

Mais uma diferença está na espuma, no qual na Weiss tem uma maior formação de espuma, enquanto na Witbier tem uma espuma mais fina mas bem consistente.

Ou seja, mesmo sendo ambas de trigo e de origem Europeia, é fácil perceber a diferença entre elas, que são bem gritantes, não é mesmo?

10 cervejas Witbier que você deve experimentar

cervejas witbier

A cerveja Witbier é perfeita para o verão, pois é bem leve, refrescante e ainda conta com os sabores cítricos característico dessa bebida.

Se pensar em harmonizar com ela, não tem erro, vá de pratos leves e refrescantes, assim como ela: saladas, aves, peixes, sushi, queijos frescos, frutos do mar, etc.

Agora separamos uma lista com algumas dessas cervejas desse estilo que você deve experimentar.

1 – Hoegaarden

A Hoegaarden é considerada a principal Witbier no mundo, sendo facilmente encontrada, por isso você não deve deixar de experimentá-la.

O estilo dela é bem marcante e tradicional: refrescante, leve, feita com as cascas de laranja e coentro.

2 – Vedett Extra White

Essa Witbier é levemente amarga, com o destaque na sua composição o limão e a laranja, apresentando um final seco.

Para que o sabor ganhe mais destaque, a Vedett Extra White é refermentada no barril ou garrafas durante várias semanas. 

3 – Baden Baden Witbier

Baden Baden Witbier é também considerada uma cerveja Witbier tradicional, feita casca de laranja e coentro.

Essa bebida tem o sabor cítrico, não é filtrada e apresenta uma coloração semelhante ao amarelo palha.

4 – Blue Moon Belgian White

A Blue Moon é a cerveja número 1 dos EUA e uma das melhores cervejas artesanais do país.  Hoje é distribuída em mais de 25 países.

É uma cerveja Witbier de baixo amargor, e apresenta as características típicas do estilo, com notas cítricas da casca de Laranja Curaçao e de semente de coentro. 

5 – Celis White

A Celis White é feita a partir da receita original criada pelo Pierre Celis, pai da Hoegaarden.

Na sua composição é possível encontrar as frutas e ervas, que dão a bebida o sabor refrescante e leve, com um alto drinkability.

6 – La Trappe Witbier

A La Trape Witbier é a primeira cerveja do estilo a ser produzida por uma cervejaria trapista.

Com refermentação na garrafa, é fabricada apenas com água, trigo e lúpulo. Possui um aroma cítrico e é uma cerveja leve, fácil de beber e uma verdadeira matadora de sede em dias quentes.

Esta cerveja é produzida sem as especiarias conhecidas do estilo como casca de laranja e coentro. Esta tarefa fica por conta do lúpulo Saphir.

7 – Faxe Witbier

Versátil e leve, a Cerveja Faxe Witbier é muito apreciada pelos dinamarqueses, e tem um sabor marcante gerado por seus ingredientes selecionados. 

Originária da Dinamarca, possui 5.2% de graduação alcoólica, coloração amarela e uma composição incrível de malte de cevada, trigo, lúpulo, cascas de laranja, sementes de coentro e levedura, unidos a deliciosos aromas frutados de laranja e limão siciliano. 

Uma cerveja muito macia, de paladar refrescante, que evolui para um final seco e agradável.

8 – Leopoldina Witbier

A Leopoldina Witbier é feita com casca de limão siciliano e sementes de coentro, criando uma harmonia perfeita.

Refrescante e com alta drinkability, é uma Witbier extremamente premiada,  já ganhou medalha de ouro no World Beers Awards.

9 – Praya

Uma Witbier refrescante, com identidade encantadora, pensada especialmente para o clima tropical. A cerveja Praya é leve e a cervejaria pensa na leveza do sabor também em suas relações com o consumidor. Leva nos seus ingredientes a casca de limão siciliano e sementes de coentro.

A Cerveja Praya é a primeira cerveja brasileira certificada como Empresa B™! As Empresas B Certificadas® promovem uma economia mais inclusiva e sustentável. 

10 – Búzios Brigitte

De cor bastante clara e espuma consistente, condimentada com semente de coentro e com casca de laranja. Sendo uma cerveja muito clara e temperada, por isso foi batizada com esse nome que lembra a atriz Brigitte Bardot que em 1964 apresentou ao mundo a praia de Búzios.

Já foi premiada como melhor Witbier do mundo em 2017 no World Beers Awards.

Se você gostou desse artigo, acompanhe nosso blog e conheça tudo sobre os principais estilos de cerveja!

👇 Gostou do conteúdo? Compartilhe o conhecimento!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.