Universo da Cerveja

Teste do sabonete de cerveja

Escrito por Carlos Lara
SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

No início do ano diversos blogs (Bebendo Bem, All Beers, Goronah…) apresentaram os sabonetes de cervejas feitos pela Confraria Beer Soap. Os cosméticos são produzidos de maneira artesanal, e levam, além da cerveja, apenas ingredientes naturais e ficam prontos em 45 dias. Não há qualquer produto químico ou animal. Nós ficamos curiosos e demos para a farmacêutica com experiência em produção de cosméticos, Paula Bortolon, experimentar. Vamos à análise dela, a partir dos sabonetes de Guinness e Paulaner Hefeweizen que nos foram enviados:

mkt 06b LH

 

Parece estranho quando você pensa em sabonete feito de cerveja. Mas a verdade é que eu suuuper amei! Além de amar cerveja e achar por si só a ideia muito legal, já tinha lido a respeito das propriedades nutricionais e antioxidantes deste amado líquido.

 

Assim que  abri minha encomenda já percebi o mimo do produto de cara: a embalagem é uma graça, com cara do que eu chamo de perfumaria à moda antiga. Tipo essas embalagens lindas que vemos em sabonetinhos francês, sabe? Já dá vontade de ir logo provar e ver como é.

 

Analisando antes do banho, eles pareciam meio delicados, meio moles, não achei que durariam muito… pensei que fossem daqueles que derretem no banho. E ainda tinha uma dúvida e medo: a oleosidade. Sim, já que minha pele é oleosa, fiquei com medo do sabonete aumentar a oleosidade e acabar causando espinhas. Mas queria testar, pra saber no que ia dar.

 

Tirando isso, só dava mais vontade de ir de vez pro banho, pois o sabonete tem um cheiro m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!!! Exatamente do jeito que eu gosto: suave, delicado, lembrando flores, plantas, raízes. Mesmo o que tinha cheiro mais doce (o da Guiness Draft Stout) não era enjoativo.

sabao

No banho só posso dizer que eles são nota 10! Primeiro porque ao contrário do que pensei, eles não são molengas nem derretam de uma vez. Na verdade, são bem consistentes, embora sejam macios.

 

Os óleos e manteigas vegetais que compõem esses sabonetes são naturais e hidratam sem causar aumento da oleosidade natural de cada pele. Ou seja, mesmo usando por dias e dias, não tive problemas desse tipo. Os componentes das cervejas usadas na fabricação dos sabonetes garantem a nutrição da pele e o lúpulo, que a gente tanto ama, é um ótimo calmante, antibacteriano, antioxidante, anti-inflamatório, antisséptico e antiviral. Quer mais? Sim, eu testei no rosto, justamente para ver no que dava. E deu certo. Tão certo que volta e meia abondono sabonetes industriais anti-acneicos e fico com estes daqui! 😉

 

Depois do banho, o resultado é uma pele limpa, macia, hidratada e cheirosa. Com esse cuidado todo na limpeza, só precisa de um creme hidrante – prefira os sem cheiro pra não estragar o cheirinho bom que fica – e voilá: energias recarregadas, tanto para o dia, quanto para a noite.

paulaner

Além de serem ótimos sabonetes para a limpeza e hidratação da pele, os sabonetes da Beer Soup me ganharam de vez quando li no site que são feitos com ingredientes 100% de origem vegetal. Necas de substâncias sintéticas ou derivadas de petróleo (eca!), o que só me fez apaixonar mais, pois tenho procurado produtos mais naturebas e livres de substâncias de nomes estranhos que não sabemos direito o que podem causar com o uso prolongado. Eu quero é saúde, no copo e no corpo!

 

Resultado final: aprovado com honra e louvor.

aprender a fazer cerveja em casaPowered by Rock Convert

Sobre o Autor

Carlos Lara

Marketeiro e Sommelier de Cerveja. Criei a minha paixão pela cerveja há um tempo, principalmente vendo jogos de futebol e hoje escrevo conteúdos sobre diversos assuntos nas horas vagas.