Universo da Cerveja

Estilo Schwarzbier: uma cerveja Lager alemã escura

Schwarzbier
Escrito por Caio Melo
SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

Estamos acostumados a associar cerveja escura com uma cerveja complexa e pesada — mas hoje vamos falar mais sobre o estilo Schwarzbier — que foge literalmente dessa associação feita com as cervejas escuras e apresenta características bem diferentes.

Por incrível que pareça se trata de uma cerveja muito leve e flexível no paladar, então se você quer aprender tudo sobre esse estilo e alguns exemplos clássicos, faça a leitura até o final texto!

O que é o estilo Schwarzbier?

Como o próprio nome fala, “Schwarz” do alemão, significa escuro, desse modo o estilo Schwarzbier é uma cerveja da família Lager que vai de marrom escura a preta. Ela é leve, sem complexidade (diferentemente de cervejas escuras) e suas características vêm principalmente das matérias primas.

O seu aroma de malte é apresentado em média intensidade, possui notas tostadas evidentes e bem características e por último seu amargor vai de baixo a médio e pode ser perceptível notas frutais.

A história do estilo 

A história do estilo é um pouco vaga, mas existem relatos que reportam que a Schawarz é provavelmente o mais longo estilo de cerveja dentro todos, continuamente produzido no mundo, com suas receitas originais datadas há mais de três milênios e indícios claros e definitivos no berço moderno da cerveja.

Mas há também quem diga que cervejas do estilo Lambic foram as primeiras a serem produzidas.

O estilo tem sua origem moderna na região cervejeira mais significativa do mundo, a Baviera.

Embora essa região, que tem provavelmente como principal descoberta a criação das cervejas Pilsners há menos de 200 anos, as verdadeiras jóias da Baviera são os estilos mais antigos, porém modernamente polidos como: Schwarzbier, Rauchbier e Smoky.

A Schwarzbier é um dos estilos de cervejas mais subestimados e sub-representados do mundo, mas por outro lado podemos dizer que é um dos estilos mais flexíveis.

Dunkel ou Schwarzbier? Principais diferenças

É comum confundirmos o estilo Dunkel com a Schwarzbier, isso acontece pelo motivo de ambas serem cervejas Lagers escuras de origem alemã.

A Dunkel é uma cerveja que tem uma coloração de marrom claro a marrom escuro, apresenta aromas e sabores maltados que sobressaem ao amargor do lúpulo. Uma cerveja equilibrada de corpo baixo a médio baixo, e são aceitáveis notas de casca de pão, biscoito, chocolate e toffe. 

A Schwarzbier tem uma coloração que vai do marrom escuro ao negro, aroma de malte em média intensidade, notas tostadas evidentes, amargor baixo a médio e pode ser perceptível notas frutais.

Resumidamente a Schwarzbier comparada a Dunkel é mais escura, mais leve e seca e com notas tostadas mais intensas para balancear com o dulçor do malte.

Existe uma curiosidade se tratando da Eisenbahn: a Eisenbahn Dunkel diferentemente do que esta escrito no rótulo é uma Scwarzbier. Isso mesmo! De acordo com a cervejaria, na época de lançamento da cerveja, o mercado de cervejas artesanais no Brasil ainda estava engatinhando e poucos estilos eram conhecidos, além da subestimação do estilo e o nome estranho — por isso a mudança de nome no rótulo.

Porém existem algumas características marcantes em cada estilo, que enceram essa discussão.

Rótulos para conhecer o estilo

Cervejas Schwarzbier

Já que aprendemos um pouso sobre o estilo, agora vamo trazer algumas dicas clássicas para matar a sua sede, e lembrando que a escolha por aqui também é baseada na acessibilidade, ok?

1. Eisenbahn Dunkel

Diferentemente do rótulo, como já vimos anteriormente é uma cerveja do estilo Schwarzbier, na cor preta é feita com blend de cinco maltes torrados importados, que confere a cerveja aroma de café e chocolate.

Ganhadora de mais de 10 prêmios nacionais e internacionais, é uma cerveja muito acessível no mercado nacional e pode harmonizar com: churrasco, feijoada, carne de porco e com alguns charutos.

2. Köstritzer Schwarzbier

É a cerveja do estilo mais consumida na Alemanha, é uma cerveja leve, seca, refrescante e extremamente equilibrada.

Apresenta notas de sálvia, agridoce, pão caseiro e chocolate amargo. Além é claro da presença de lúpulos herbais, típicos da escola alemã. Harmoniza com: cordeiro grelhado, hambúrguer e presunto cru.

3. Falke Bier Ouro Preto

Uma cerveja da cervejaria mineira Falke, que tem como mestre cervejeiro Marco Falcone, um dos pioneiros da cerveja artesanal.

Feita com maltes tostados na própria cervejaria, leve, seca e refrescante. No aroma e sabor notas de café e chocolate amargo.

Harmoniza com: kebab de carne, queijos azuis (gorgozola) e molho funghi.

4. Bamberg Schwarzbier

Feita com maltes tostados sem adição de corantes, uma cerveja preta com aromas provenientes dos maltes e sabores de chocolate, café e toffe. Cerveja produzida de acordo com a lei da pureza alemã. Harmoniza com: pratos mais temperados e sobremesas de chocolate.

A Schwarzbier é uma cerveja que apresenta características que lhe conferem a capacidade de reduzir o frio, e ser refrescante o suficiente para conquistar um dia de verão.

Então bora matar nossa sede! Pröst!

aprender a fazer cerveja em casaPowered by Rock Convert

Sobre o Autor

Caio Melo

Autor convidado pelo Homini Lúpulo, Engenheiro de Alimentos pela Universidade São João Del Rei campus Sete Lagoas e Bier Sommelier pelo ICB (Instituto da Cerveja Brasil).

Comentar