Notícias Universo da Cerveja

Cervejas e Pearl Jam: a harmonização entre cervejas e canções

cerveja e pearl jam
Escrito por Carlos Lara
SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

A banda Pearl Jam, que foi formada em Seatle (Estados Unidos) no ano de 1990 é reconhecida mundialmente pelo o seu estilo de grunge e hard rock.  Já fizeram inúmeras e inesquecíveis passagens pelo Brasil, sempre trazendo novidades, nostalgia e também aquela boa dose de ativismo político.

E nós como cervejeiros podemos afirmar que não há nada melhor do que se preparar para qualquer show ou simplesmente ouvir músicas da banda liderada por Eddie Vedder combinado com boas cervejas.

Então, vamos às dicas desta harmonização tão especial, que mais uma vez está aberta à participação de todos:

Black – a música, composta por Eddie Vedder e Stone Gossard, começa lenta, mas de ampla amargura. A letra fala da dor de não ter ao lado a pessoa amada.

Harmoniza com a Colorado Demoiselle. Por que? A letra traz a marca do amargor e a escuridão, tendo no título o Preto. Esta cerveja do estilo porter é tão negra quanto a solidão do autor, e pode ser degustada enquanto se sonha com dias melhores.

 

Jeremy – cada vez mais atual, ela fala de uma criança reprimida e sem atenção dos pais, que um dia coloca para fora esta situação.

Harmoniza com a Wee Heavy, da Bodebrown. Por quê? Escolhemos pelo seguinte motivo:  “pense ao sentar-se por o Jeremy e abre-se a Wee. Aí vem aquela explosão de aroma, no primeiro gole sabores destacam-se e aquele som de fundo destacando sua apreciação. Sinto-me realizado, não quero mais nada apenas curtir meu som e minha Wee.”

 

Do the Evolution – esta música é uma crítica à forma como a evolução humana tem acontecido, à atual sociedade de consumo e ao homem ser escravo das máquinas. O clipe da música é fantástico, quem não viu está perdendo.

Harmoniza com a Hardcore IPA, da Brew Dog. Por quê? “É um privilégio assistir ao vivo o Pearl Jam. Momento incrível do show é quando começa a tocar Do The Evolution. Nada melhor que saborear, nesse momento, uma Hardcore IPA. Cerveja amarga, diferente e que proporcional sensações intensas na sua boca.”

 

Go – uma pesada pesada canção do Pearl Jam que combina com um estilo forte e imponente de cerveja.

Harmoniza com a Perigosa Imperial IPA, da Bodebrown. Por quê? O estilo em que a música é cantada e também o timbre da voz do Eddie Vedder trazem uma sensação de raiva e  um certo incômodo, algo que está mexendo com ele. Fazendo com que a melhor de todas as combinações seja uma Perigosa Imperial IPA.

 

Last Kiss – esta canção relata a morte da amada em um acidente de carro.

Harmoniza com a La Fin du Monde, da Unibroue. Por quê? Perder a amada já deve ser algo próximo do fim do mundo. E essa Tripel canadense combina perfeitamente com a música, o cara perde a mulher por causa de um acidente onde ele estava dirigindo, precisaria de mais motivos para encher a cara e desejar o fim do mundo?

 

Yellow Ledbetter – mais uma vez, um post sobre rock e não poderíamos deixar de fora a opinião do Alencar Barbosa, da KudBier, a cervejaria mais rock do Brasil!

Harmoniza com a Yellow Ledbetter, da Kudbier. Por quê? Quem responde é autor da cerveja: “Nossa Pilsen leva uma generosa carga de lúpulos americanos de aroma plantados no Oregon, estado americano que faz divisa com o estado de Washington, de onde veio a banda. O nome também é uma referência à coloração da cerveja, que é encorpada, lupulada e não filtrada – exatamente o contrário do que o grande público conhece como Pilsen aqui no Brasil.”

 

Sirens – uma música em que ele é grato pelos momentos e quer aproveitar cada detalhes dela.

Qual cerveja harmoniza? World Wide Stout, da Dogfish Head. Por quê? A música tem um ritmo lento e bem melódico, combinando com a cerveja pelo fato das duas serem feitas para pra curtir bem devagar e aproveitar cada detalhe da vida – ou da cerveja!

 

Alive – um dos maiores clássicos da manda de Seatle, a harmonização ficou por conta de Nicholas Bittencourt, do Goronah:

Harmoniza com a Coruja Extra Viva. Por quê? A Coruja se entitula a cerveja viva, pois ela não é pasteurizada. Nicholas: “Como a Coruja de orgulha de ser uma cerveja viva, as leveduras estão felizes e cantado “I’m still alive!”, como o refrão.”

 

Better Man – outro clássico da banda, esta triste história de uma mulher que se ilude se fazendo crer que não pode encontrar um homem melhor.

Harmoniza com a Pilsener Urquell. Por quê? Trata-se da precursora do estilo Pilsen, o mais difundido pelo mundo. A música é triste, melancólica, ligada ao tempo e a mentiras, mas com a esperança de algo melhor. Sendo assim a theca Pilsner Urquell combina muito bem. Ótima para refrescar a cabeça e pensar em dias melhores.

 

The Fixer – fala sobre alguém que está ali para consertar e resolver os problemas.

Harmoniza com a Vivre pour vivre, da FalkeBier. Por quê? The Fixer poderia ser traduzido como aquele que repara ou conserta tudo, e o pararelo com a cerveja é “algo que estragou a cerveja e foi consertada surgindo a melhor cerveja nacional.” Sua garrafa não custa menos do que R$300,00.

Quer participar também desta harmonização deliciosa de cervejas com Pearl Jam? Então, basta entrar em contato com a gente por comentário abaixo explicando o por que da harmonização e com qual cerveja, tudo bem?

Vejo vocês em algum show da banda!

aprender a fazer cerveja em casaPowered by Rock Convert

Sobre o Autor

Carlos Lara

Marketeiro e Sommelier de Cerveja. Criei a minha paixão pela cerveja há um tempo, principalmente vendo jogos de futebol e hoje escrevo conteúdos sobre diversos assuntos nas horas vagas.

4 Comentários

  • Yellow Ledbetter, nossa pilsen que leva uma generosa carga de lúpulos americanos de aroma plantados no Oregon, estado americano que faz divisa com o estado de Washington, de onde veio a banda. O nome também é uma referência à coloração da cerveja, que é encorpada, lupulada e não filtrada – exatamente o contrário do que o grande público conhece como pilsen aqui no Brasil.

  • Entre as músicas que eu mais curto do Pearl Jam, está Better Man. É triste, melancólica, ligada ao tempo e a mentiras, mas com a esperança de algo melhor. Sendo assim, acho que a theca Pilsner Urquell combina muito bem. Ótima para refrescar a cabeça e pensar em dias melhores.

    Parabéns pelo site, está ótimo!

    Abração,

    Babi

Comentar