Universo da Cerveja

Como gelar cerveja rapidamente: confira 6 dicas práticas

como gelar cerveja
Escrito por Carlos Lara
SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

Imagine você, aquela roda de amigos no final de semana, e, de última hora, você é escalado para comprar a cerveja. Até aí, ok.

Mas, então, o único lugar onde você encontra aquela caixa de cerveja ela não está gelada, e farra está acontecendo nesse momento. E, todos sabem o quanto é chato esperar que uma cerveja gelar no freezer, não é verdade?

Por isso vamos te explicar algumas técnicas muito eficazes para se gelar cerveja de maneira muito mais rápida do que o normal.

Pois é, a partir de agora nada de cerveja quente, é só você dar uma conferida nas 6 dicas:

1. Água, sal e gelo

Essa fórmula parece até mágica de tão eficaz, mas, é pura ciência.

O sal simplesmente tem como propriedade diminuir a temperatura na qual a água congela, acelerando todo o processo. O resultado são as suas cervejas geladas em nada menos do que apenas 3 minutos.

Só não se esqueça de drenar um pouco da solução de tempos em tempos, e adicionar mais água gelo e sal, já que, quanto mais o gelo derrete, mais a temperatura vai aumentar.

E, fique atento também às medidas usadas para não exagerar na dose da solução.

São 500g de sal para cada litro de água. Qualquer quantidade a mais ou a menos desses ingredientes pode simplesmente fazer com que você perca tempo, pois, as cervejas não irão gelar tão rápido quanto você pretendia.

2. Gelo, sal e álcool

Está outra fórmula tiro e queda para você que quer saber como gelar cerveja numa velocidade incrível.

A mistura consiste basicamente de gelo, sal e álcool, com ela sendo adicionada no isopor onde estão as latinhas de cerveja, e esperar cercar de 3 minutos. Pronto! Cervejas geladas quase que instantaneamente.

Pelo fato do sal reduzir o ponto de congelamento da água, ele meio que “rouba” o calor de parte dos cubos de gelo, esfriando a mistura de maneira bem rápida. O álcool também faz a mesma coisa, e por isso, uma mistura de todos esses ingredientes é tão poderosa.

Só fique atento às medidas.

Para cada saco de gelo, é necessário 1 litro de água, mais 1 litro de álcool, e mais 500g de sal.

É muito recomendado lavar um pouco a borda da latinha antes e passar um pano limpo, para tirar eventuais resquícios de sal.

Esse método também tem uma variação, onde você pode aproveitar a sua panela de pressão – sim, isso mesmo! Mas, aí só vale se forem cervejas em pequena quantidade. Seria basicamente pegar a mistura com álcool, colocar numa panela de pressão junto com os recipientes de cerveja, e sacudir bastante. Em cerca de 40 segundos, suas cervejas estão geladas!

3. Guardanapo molhado

Ok, vamos supor que você não tenha um isopor grande o suficiente (ou, até mesmo ter um isopor) para colocar as misturas citadas nas dicas anteriores. Como gelar as cervejas, então?

Simples: tem outros métodos igualmente eficazes, e um deles é você usar um guardanapo molhado.

Mas, como fazer? Mais simples ainda: pegue alguns guardanapos (ou papéis tolha), envolva as garrafas ou latinhas com eles, e em seguida mergulhe em água corrente.

Conselho: deixe tudo encharcado, mas, não pingando.

Agora, basta colocar no freezer, e esperar de 4 a 5 minutos. Pronto! Cerveja gelada como manda o freguês!

Qual a explicação para isso? É que o papel cria uma superfície de contato, o que faz com que a troca de temperatura com o ambiente, no caso, o interior do freezer, seja bem mais rápida do que se você dependesse apenas da superfície da latinha ou garrafa.

PS: se possível, prefira guardanapo a papel toalha. Isso porque o guardanapo é mais fino, e, por isso, congela mais rápido, aumentando a eficácia do método.

4. Serpentina

Se você é um pouco mais jovem, talvez não se lembra, mas, as serpentinas foram bem populares entre as décadas de 70 e 80. Mas, eis que, recentemente, essa ferramenta ressurge como uma forma mais ou menos eficaz de que responde à pergunta de como gelar cerveja.

O método usado é bastante simples: a cerveja passa por dentro de uma espiral de cobre ou alumínio, a serpentina, que, por sua vez, precisa estar mergulhada no gelo.

Com uma bomba manual, o líquido é pressionado, e fazer com que a sua cerveja gele em uns 15 minutos, pelo menos. Talvez, você até encontre uma ferramenta dessas na garagem de seus pais ou em alguém armazém que venda antiguidades.

É interessante usar esse método, mas, verifique, de antemão, se a serpentina não está desgastada, leia-se: oxidada, pois, isso interfere na eficácia do processo.

5. Rotação no gelo

Essa aqui se trata de uma modalidade bem simples de fazer, mas, que pode gerar algum resultado satisfatório.

Consiste apenas em, num recipiente com gelo, girar a garrafa ou latinha em seu próprio eixo, à velocidade baixa.

Como explicar esse método? É que ao girar o recipiente no gelo, você está aumentando a superfície de contato com a água, o que facilita bastante a troca de temperatura com o ambiente.

O resultado, em comparação aos outros métodos, demora um pouco a mais a surtir efeito, mas, para quem não tem nada do que foi citado aqui no conteúdo, acaba sendo uma boa pedida.

6. Spin chill

Essa ferramenta aqui foi criada única e exclusivamente com o intuito de gelar bebidas, e o melhor é que ela já é comercializada no Brasil.

O uso dessa ferramenta é muito simples: fixando a lata ou garrafa no aparelho, basta você mergulhar o recipiente no gelo e ligar o spin chill.

Ele irá girar o recipiente, o que irá fazer gelá-lo em poucos minutos (mais precisamente de 1 a 2 minutos para latinhas e de 5 a 10 minutos para garrafas).

E, então, gostou das dicas? É só ver qual desses métodos você gostou mais, e usá-lo bastante, até mesmo naqueles momentos de preguiça, em que você compra uma cervejinha, e está sem paciência para esperar que ela gele.

Agora que você já sabe como gelar sua cerveja, escolha um dos seus tipos de cerveja preferidos e bora tomar uma!

aprender a fazer cerveja em casaPowered by Rock Convert

Sobre o Autor

Carlos Lara

Marketeiro e Sommelier de Cerveja. Criei a minha paixão pela cerveja há um tempo, principalmente vendo jogos de futebol e hoje escrevo conteúdos sobre diversos assuntos nas horas vagas.

2 Comentários

Comentar