Roteiros

Bebidas alcoólicas na bagagem: aprenda como levar no voo

levar bebida na mala
Escrito por Carlos Lara
SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

*É importante ressaltar que esse texto se aplica para qualquer tipo de bebida alcoólica, ou seja: cerveja, vinho, vodka, rum, licor, cachaça, pisco e etc.

O cervejeiro é um ser curioso, onde vai não deixa de ser cervejeiro — digo isso porque sempre quando viajamos, gostamos de conhecer a cultura local, especialmente as cervejas.

Recentemente estive viajando pelo Chile e confesso que fiquei com algumas dúvidas sobre como levar bebidas alcoólicas na bagagem em voos domésticos e internacionais, por isso precisei me informar muito no aeroporto.

Creio que você também passará por isso quando for viajar para destinos cervejeiros e para economizar o seu tempo estou aqui para ajudá-lo, ok?

Então continue conosco e aprenda como transportar cerveja em voos domésticos e internacionais.

Regras da ANAC

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) regulamenta a aviação nacional e define as regras para voos domésticos.

Seu site funciona como uma ótima fonte de informação com a seção de dúvidas frequentes e é possível encontrar uma determinação bem clara sobre isso, que diz:

É possível transportar bebida alcoólica em voo internacional ou nacional?

O passageiro poderá levar até 5 litros de bebida (em recipientes com capacidade de até 1 litro cada) com até 70% de graduação alcoólica por volume. A bebida deve estar com lacre de fábrica e pode ser transportada na bagagem de mão ou despachada.

Mas existem dois pontos que não são tão claros e são importantes você saber:

  • Essas regras são válidas para as pessoas que viajam a partir ou dentro do Brasil
  • Se você for para o exterior, toda a bebida deve ser despachada

Regras da Receita Federal

A Receita cuida da declaração de bens no desembarque de voos internacionais.  Possui em seu site um guia com dúvidas sobre os bens trazidos de viagens, mas para simplificar retirei as informações que se aplicam para bebidas:

Limite de bebidas por pessoa

A Receita exige que você traga uma quantidade máxima de determinado item, seja para bebidas ou outros produtos, e você deve ter atenção com isso caso não queira levar multas ou ter os produtos apreendidos, são informações importantes:

  • O limite para bebidas alcoólicas é de 12 litros, não 12 garrafas.
  • Não traga quantidade repetida da mesma bebida para não ser multado

Tenha atenção e faça bem as contas do que você está trazendo em sua mala.

Agora que você já sabe as regras sobre o transporte de bebidas, chegou a hora de falar sobre o transporte/despache e o preparo da bagagem.

Levar bebida na bagagem de mão ou despachar?

Precisa ter sempre cuidado com o estado da bebida, ela deve ser industrializada e estar com o lacre original e intocado, ou seja, nem considere levar algo já aberto ou consumido.

Em voos nacionais é possível levar bebidas na bagagem de mão, mas com o volume máximo de 5 litros e também com o teor alcoólico de até 70% por garrafa.

Já em voos internacionais (chegando do exterior) você tem um limite de 100ml — sim, isso mesmo — por unidade na bagagem de mão, então basicamente toda bebida deve ser despachada. Para o despache segue a regra de 12 litros por pessoa.

Tendo em vista que de um jeito ou de outro você terá que levar sua bebida na bagagem, vou dar dicas preciosas (e com fotos) sobre o preparo da bagagem.

Como levar bebida na bagagem

Essa é a parte que mais nos preocupa, não adianta nada ler e ler sobre regras para transporte mas não ter um cuidado ideal, porque é comum relatos de pessoas que tiveram suas bebidas quebradas — seja por manejo inadequado ou falta de cuidado.

Então espero que você siga todas as X dicas, vamos lá!

1. Na hora de despachar

Nessa hora, nunca se esqueça de solicitar no balcão de despache o adesivo de frágil para colocar em sua mala, porque querendo ou não ele pode ser a garantia de que sua mala será “menos maltratada” por quem vai manejá-la.

2. Protegendo a bebida

Aqui você não pode economizar no cuidado, ninguém quer pegar a mala na esteira com a bebida quebrada e derramada dentro da mala.

Existe uma série de cuidados diferentes que você pode tomar para manter sua bebida segura, vamos a cada uma delas:

Utilização do plástico bolha, plástico filme e sacola

O plástico é uma medida barata e fácil de ser encontrada (talvez o plástico bolha seja um pouco mais difícil) mas basicamente é envolver a garrafa no plástico e terminar a embalagem com a sacola.

Embrulhar em roupas

Aproveite também as roupas que você tem em sua mala para utilizá-las como proteção. É importante entender que não significa colocar a bebida entre as roupas da mala, mas sim usar alguma roupa específica para enrolar uma garrafa.

Dê preferência para camisas algodão e peças mais firmes como moletom, calças, etc.

enrolar bebida em roupa

Enrolar na toalha

Essa é particularmente uma das opções que mais gosto porque com uma toalha você consegue proteger 2 ou 3 bebidas dependendo do tamanho dela.

O material que mais recomendo é utilizar uma toalha de microfibra. Ela pode ser mais fina mas creio que tem uma resistência muito maior do que toalhas comuns, além de ocupar pouco espaço na mala (uma dica para qualquer viajante).

envolver bebida na toalha

Usar a meia para proteção

Uma meia soquete, ou meia longa, também é uma forma complementar de proteger sua bebida, porque o tamanho é exatamente o necessário para garrafas dentro do padrão estético e também servem como um bom reforço caso você queira usar outro meio para proteger.

Dê preferência para as meias mais grossas porque obviamente vão proteger mais sua bebida.

proteger a bebida com meia

Para aquelas pessoas que querem algo menos improvisado, recomendo que procure por Wine bags ou beer bags para um produto de qualidade — que podem ser encontrados em sites especializados como Wine Fit Store, Wine Skin, Rent a Bag e também no Mercado Livre.

3. Bebidas no centro da mala

Tente sempre arrumar a sua mala para que a bebida fique no centro, porque assim você consegue protegê-la de todos os lados e evitar com que sua superfície sofra muitos impactos durante a viagem.

bebida no centro da mala

4. Não colocar juntas

A última e não menos valiosa dica é não colocá-las juntas na mala, mas por quê? Assim você evita que haja o atrito entre duas superfícies frágeis e não preciso ser um grande conhecedor de física para dizer que o perigo de se quebrem após algum impacto é diminuído drasticamente.

Você deve ter reparado claramente  que as fotos utilizei um vinho e um saquê, explico, as cervejas bebi 2 por dia porque lá encontrei com preços 50% mais barata que no Brasil e as fotos foram tiradas do hotel sem nenhum capricho.

Portanto essas foram as minhas dicas para você trazer as melhores bebidas de sua viagem, espero que aproveite bem elas e também convido para acrescentar com alguma outra dica valiosa caso eu não tenha mencionado, ok?

Abraços e saúde!

Seja um correspondente Homini LúpuloPowered by Rock Convert

Sobre o Autor

Carlos Lara

Marketeiro e cervejeiro de buteco. Criei a minha paixão pela cerveja há um tempo, principalmente vendo jogos de futebol e tomando uma boa cerveja com o meu pai, e hoje escrevo conteúdos sobre diversos assuntos nas horas vagas.

Comentar