Pão de malte: aprenda a receita do famoso pão de cerveja

Quem termina a produção de cerveja caseira se depara com uma grande quantidade de sobre de bagaço de malte, dispensado após a brassagem e filtração do mosto.

É comum isso acontecer, ainda mais quando sua produção de cerveja aumenta cada vez mais e estamos aqui hoje para falar um pouco mais sobre isso e como você pode utilizar o resto para fazer um delicioso pão com o bagaço do malte.

O que fazer com o bagaço do malte?

Sim, o texto hoje se trata de uma receita para o pão, mas é necessário abordarmos aqui que existem diversas outras utilidades para o bagaço, como por exemplo servir de alimentação para gado ou na produção de alimentos caseiros, como o cookie de malte, brownies e até carnes como almondegas e kibe.

Porém muitos nós sabemos que uma das opções mais saborosas é a do pão de malte, por isso acompanhe com a gente e veja sua receita e também como é o preparo!

Pão de malte

O malte pode ser conservado por algumas semanas após sua utilização na semana, mas um problema é a proporção de malte utilizado por farinha de trigo: ou você faz pão para uma ceia ou se contenta em ter mais bagaço armazenado em sua geladeira.

Mas não desanime, o pão é riquíssimo em fibras e proteínas, e também podemos dizer que é muito legal você aprender novas receitas — além das cervejas — com o que sobrou da produção.

Outro ponto legal é, caso você não for utilizar todo o bagaço, que tal dar para algum amigo? Ou também o contrário, caso seja alguém que não produza cerveja é só ir até algum amigo que produzi e pedir um pouco do seu bagaço.

Receita

  • 500g bagaço de malte
  • 10g de fermento de pão seco ou 30g de fermento fresco
  • 1 colher de sopa de sal
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 1 copo de leite
  • 2 ovos
  • 3 colheres de sopa de margarina
  • 1 Kg de farinha de trigo

Observações:

Como estamos utilizando margarina (vegetal), pode-se utilizar água ou leite sem lactose em vez de leite integral caso você tenha algum problema com lactose.

Modo de preparo

Em uma bacia misture todos os ingredientes com as mãos até que forme uma massa homogênea, ou se você preferir triture o malte no liquidificador para ele aderir melhor a massa — é totalmente opcional porque dá uma textura diferente ao pão.

Depois daí vem a parte boa, começar a sovar a massa por no mínimo 10 minutos. Crie coragem e vai fundo, soque a massa com força, desconte sua raiva nela.

Cubra com um pano seco e limpo e deixe a massa descansar por no mínimo 1 hora. Amasse novamente e coloque em forma para pão untada com óleo e cubra com um pano novamente.

Feito isso é só esperar que a massa cresça bem, cerca do dobro do tamanho. Se desejar ter um pão bem dourado é recomendado que antes de levar a massa ao forno você pincele-a com 1 ovo batido, ok?

Asse em forno alto (250ºC) por 45 minutos.

Logo que retirar do forno, desenforme e mantenha sobre uma superfície arejada para não suar a parte de baixo do pão.

Feito o seu pão de malte! Caso você tenha feito alguma outra receita, que tal compartilhar conosco por meio dos comentários?

Um abraço.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

25 Comentários

  1. Armoniza com???? hehehe…

  2. Recheado com linguiça calabresa então fica uma delícia.

  3. Eu já tinha visto uma receita parecida mas substituindo o açúcar por mel (também 3 colheres de sopa).
    Muito bom.
    Não fiz pão de forma, mas pequenos pãezinhos.
    Este fds vou aproveitar a dica do Linus e rechear com linguiça.

    1. João, se utilizar mel o pão ficará com algum gosto ou cheiro de mel? Abraço!

  4. Podemos chamar este pão de Lambic, pois a levedura dele vem do ar? rs

    Brincadeiras a parte, nada de leved…, ops. Fermento? 🙂

    Abço

    1. Está ali, o primeiro item dos ingredientes. Mas pode usar aquele restinho decantado no fundo da weizen, fazer uma propagação, e usar ehehe

      A medida depende do tipo de fermento usado. Do fermento para pães e pizzas em tablete vai um inteiro.

      1. Ministerio da saude adverte: ler receita no celular dentro do metrô pode te levar a falar besteira!!! Hahahahahaha

        Obrigado, vou tentar fazer no próximo lote.

        Abços

  5. Fiz e ficou muito bom. mas ainda sobrou muito malte. posso congelar pra fazer mais pao daqui uns dias?

  6. Pode sim. Assim você usa por bastante tempo.

  7. Fiz teu pão.ficou perfeito e fofinho ..deu três pães tipo forma..

  8. Muito Legal essa receita ! só por curiosidade , tem outras receitas para aproveitar o malte ?

    1. oii, vc seca o malte para retirar a casca ou usa do jeito q sobrou da brassagem?

  9. Isso não ficou com cara de pão, ficou com cara de bolo salgado.

  10. Gostaria de saber quanto de fermento se coloca nessa receita. Agradeço.

  11. A quantidade do fermento,por favor ?

    1. Tenho a mesma dúvida … li ali que falam de usar um tablete inteiro daqueles fermentos para pães e pizzas , é isso mesmo?

  12. Congelo pacotinhos de 500g de malte e faço esta receita sempre que dá vontade. A receita é perfeita! Faço com dois tabletes de fermento biológico fresco.

  13. Avatar

    Bom dia! Excelente a receita. Sou padeiro artesanal, e vou fazer algumas considerações. A primeira é a de não utilizar leite morno. A função dele ser morno é só apressar a fermentação. E qto maior o tempo de fermentação, melhor a qualidafe do pão. Talvez vc consiga uma fermentação de aproximadamente 4 hrs c leite frio. Outra observação é q já q se está usando margarina (vegetal), vc pode utilizar água ou invés de leite. Caso tenha algum problema c lactose. E a terceira consideração , é q o fermento sugerido deve ser o fresco, eu acho. E acho pela qtd, q é de 30g. Se for usar o seco, só 10g. Do contrário vc terá uma super fermentação e tbm pode ter um aroma forte de fermento.

    Um abraço e obrigado pela receita.
    José Alcino Vendrame
    @alcinovendrame
    Instagram

    1. Obrigado pela informação José, corrigi por aqui.

      Um abraço!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.