pilsen ou lager

Pilsen ou Lager? Entenda qual a diferença na produção!

cerveja lager

Antes de mais nada, calma! Se você é um cervejeiro experiente e sabe a diferença de Pilsen e lager, tudo bem. Mas se você é uma das pessoas que tem esse tipo de dúvidas, a publicação é para explicar exatamente isso e colocar os pingos nos is.

Não há dúvidas de que um dos temas mais explorados e controversos do mundo da cerveja é a classificação e nomenclatura das ramificações, que foram se formando ao longo dos anos. 

No Brasil, observamos que há um mal entendido histórico na diferenciação entre as cervejas do tipo Pilsen e Lager. Isso acontece, pois as grandes empresas do ramo criaram uma confusão ao rotularem seus produtos de massa como “Pilsen” e isso acabou causando uma adesão popular.

Acredite se quiser, as cervejas populares de todas as grandes marcas brasileiras não são do tipo Pilsen! Como veremos a seguir, a tradicional cervejinha de fim de semana do brasileiro é, tecnicamente, uma American Lager. 

Para explicar o que seria essa diferença, vamos abordar o tema com um pouco mais de profundidade.

É Lager, Pilsen ou os dois?

Metaforicamente, lembrando da biologia, digamos que a Pilsen é uma “espécie” do “gênero” Lager. Mas no mundo da cerveja categorizamos as cervejas em famílias (tipos) e em estilos, onde a família seria o “gênero”, e o estilo a “espécie”. Ou seja, uma família agrupa vários estilos.

Então o que é realmente é a Lager? Lager é um tipo de família de cerveja. 

No universo da cerveja existem três famílias de cervejas: as Ales, as Lagers e as cervejas de fermentação espontânea.

As Lagers basicamente fermentam em temperaturas mais baixas e as leveduras trabalham no fundo do fermentador. São geralmente cervejas mais limpas, leves e menos alcoólicas. Já as Ales fermentam em temperaturas mais altas e as leveduras trabalham na superfície, e seus sabores e aromas são em geral mais característicos e complexos. Por fim, as de fermentação espontânea, que são mais raras, são fermentadas por leveduras selvagens e outros microorganismos. Para entender mais profundamente é só conferir este post.

E o que é Pilsen? Pilsen é um dos estilos que está dentro da família das Lagers, que agrupa vários outros estilos como a Dunkel, Munich Helles, Vienna Lager, American Lager. Os estilos se diferenciam pelo método de produção, matérias primas utilizadas, cor, aroma, sabores, teor alcóolico, intensidade de amargor, região de origem, etc.

Agora em resumo: toda cerveja Pilsen é uma Lager, mas nem toda Lager é uma Pilsen.

A verdadeira Pilsen

As cervejas do estilo “Pilsen” são originárias da cidade de Plzeň na região da Bohemia, onde hoje fica a República Tcheca, e foi produzida pela primeira vez em 1842. Seu primeiro exemplar é encontrado até hoje: a Pilsner Urquell. 

Mais conhecida hoje como Bohemian Pilsner, ela é bem mais amarga que as American Lagers. Possuem de 25 a 45 IBU’s (unidade de amargor), enquanto as American Lagers não passam de 15 IBU’s. Também possuem um sabor mais intenso de malte que sua “prima” americana. E jamais usam cereais não-maltados na sua produção, apenas água, malte, lúpulo e levedura.

Além da Pilsner Urquell, temos disponíveis outros bons exemplos como a 1795 Czech Lager, Czechvar, Praga Premium Pils, Wäls Bohemian Pilsner.

Os alemães também criaram sua Pilsen, que é a German Pils, que tem como principal diferença o uso de lúpulos alemães mais florais, ao invés do lúpulo tcheco Saaz, mais condimentado. E temos exemplares fáceis de encontrar no mercado como a Jever Pilsener, Bitburger Premium Pils, Krug German Pils.

E a American Lager?

Como dito, ela também é um estilo da família Lager. Ela tem sabores muito mais sutis de malte e lúpulo do que as Pilsens. 

Ela nasceu nos Estados Unidos com o uso do milho na produção, que é largamente cultivado pelos norte-americanos. Assim como aconteceu com o uísque, que passou a ser fabricado a partir do milho levando o nome de Bourbon, a cerveja também não ficou para trás.

A inclusão do milho e de outros cereais não-maltados na cerveja foi uma adaptação feita por imigrantes alemães nos EUA que produziram lagers inspirados nas Pilsners tradicionais, em meados dos anos 1800. Então historicamente eles produziram uma cerveja “tipo Pilsen”. Mas como ela possui características bem distintas das Pilsens de fato, ela atualmente foi categorizada como outro estilo, uma American Lager.

Esta adição do milho na receita foi a chave para dar leveza à cerveja. Além disso, tem a questão econômica, pois diminui consideravelmente os custos de produção. Uma cerveja leve, menos amarga e mais barata foi crucial para cair no gosto da população. 

É por isso que a American Lager dominou não apenas o mercado estadunidense, mas também as prateleiras de todo o mundo, inclusive do Brasil.

A legislação brasileira permite o uso de até 45% de cereais não-maltados que substituam o malte. Mas é importante lembrar que a adição desses adjuntos (ou seja, milho & cia) de forma exagerada pode comprometer a qualidade da cerveja. 

Aqui muitas das cervejas comerciais, que são American Lagers, fazem uso dos cereais não-maltados em sua composição, como, por exemplo, Skol, Brahma, Antartica, Kaiser e Budweiser.

O uso de adjuntos nas American Lagers não é obrigatório, e hoje está em alta as American Lagers Premium, as ditas “puro malte”, como a Brahma Duplo Malte, Bohemia, Skol Puro Malte, Heineken, Stella Artois, Eisenbahn Pilsen… olha aí o nome “Pilsen” surgindo numa American Lager. 

É importante dizer que, em casos como este, o nome Pilsen no rótulo é uma questão muito mais comercial que técnica. Mas com toda essa informação, agora você é capaz de diferenciar! 

E pra não restar a menor dúvida, faça o teste. Pegue um exemplar de cada estilo e boa degustação! 

E aí, gostou do artigo? Assine nossa newsletter e receba as atualizações do Homini Lúpulo diretamente na sua caixa de entrada!

Curso como fazer cerveja (1)
👇 Gostou do conteúdo? Compartilhe o conhecimento!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

3 Comentários

  1. Bem, desculpe, falou bastante mas nao ficou bem claro o que e Pilsen. Pelo que entendi a Pilsen so usa malte e e mais amarga, e isso ? A lager e a fusquinha e usa outros ingredientes, correto ? Fabricacao mais barata.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.