Armazenar cerveja

Como armazenar sua cerveja? Aprenda a maneira correta

Quando se trata de cerveja, uma das coisas mais importantes antes de bebê-la é acertar na maneira de armazenar, levando em consideração fatores importantes como local, temperatura e posição.

Afinal, não há nada mais triste do que uma garrafa perfeita arruinada por coisas que estão sob o seu controle. E por isso criamos esse guia sobre como armazenar a cerveja em casa, trazendo os motivos e também a maneira adequada de guardar sua cerveja. 

Mas antes de começar sua leitura, tenha em mente que o armazenamento adequado da cerveja é a chave para uma ótima experiência de bebida, e a temperatura certa de armazenamento fará com que qualquer cerveja tenha o seu melhor sabor.

Agora vamos lá!

Armazenando uma cerveja: o básico

A maioria dos cervejeiros artesanais trabalham muito para conseguir o equilíbrio perfeito de sabores e aromas na garrafa e enviá-la para que você possa beber alguns meses após a compra. Embora seja totalmente possível “envelhecer” uma cerveja armazenando-a como vinho, nem sempre é necessário.

Portanto, quando falamos sobre o armazenamento de cerveja, queremos mantê-la fresca por sua vida útil recomendada. Isso normalmente leva alguns meses, no máximo, embora alguns estilos possam durar alguns anos se bem armazenados.

Você deve saber que os principais fatores para deterioração da cerveja são: iluminação, temperatura e posição do seu recipiente, mas que existem variantes de acordo com o tamanho da cerveja.

O armazenamento em diferentes recipientes 

É fundamental saber as características do recipiente que você pretende utilizar para armazenar sua cerveja, e assim garantir que ela permaneça nas melhores condições.

Uma regra geral é que a data de validade de qualquer tipo de cerveja é um guia preciso. 

Consumir uma cerveja depois de sua validade não significa que ela estará estragada, mas que em vez disso, ela não se manterá fiel a seu estilo, diminuindo por muitas vezes sua qualidade. 

E o tempo que a cerveja permanecerá boa após o prazo de validade diminuirá se você não armazená-la corretamente, por isso vamos falar um pouco sobre os recipientes.

  • Barris: O relógio começa nos barris assim que eles são preenchidos e lacrados. Precisam estar em um local fresco, seco e longe de outros alimentos. É essencial evitar o congelamento dos barris, pois o congelamento da cerveja provavelmente alterará seu sabor. E se forem movimentados de lá para cá, pode aumentar a quantidade de espuma que irá jorrar quando for aberto.
  • Garrafas e latas: armazene a cerveja embalada em um local fresco e seco que não congele. Para uma vida útil ideal da cerveja engarrafada, armazene a cerveja em uma temperatura 7° a 12° C, se for uma garrafa, certifique-se de que esteja na posição vertical. Você pode prolongar a vida útil da cerveja em latas e garrafas se as mantiver acima de 4°C.
  • Growlers: manter os growlers na posição vertical e em espaços frescos e escuros é, mais uma vez, o melhor caminho a seguir. A tampa hermética garantirá que a cerveja permaneça fresca por vários dias, e pode permanecer fresca ainda mais se a barra que enchia o growler o fizesse com dióxido de carbono. Depois de aberta, a cerveja permanece fresca por até 36 horas.

Essas diretrizes são mais adequadas para cervejas de pressão e embaladas. As cervejas caseiras e microcervejarias provavelmente terão uma vida útil mais curta, mesmo com armazenamento adequado.

A vida útil da cerveja aberta, independentemente de seu recipiente, será notavelmente menor graças aos fatores externos com os quais ela entrará em contato, como ar, luz e, potencialmente, bactérias.

Deixar a cerveja fechada em temperatura ambiente garantirá que ela esteja no seu melhor por quatro a seis meses, em média. Depois disso, a qualidade começará a piorar. Para cervejas refrigeradas, armazenadas fechadas, você tem de seis a oito meses do sabor máximo para aproveitar antes que a qualidade comece a diminuir lentamente. Também é fundamental manter a temperatura na qual você comprou a cerveja.

Por exemplo, se você comprou um pacote de seis direto de uma caixa refrigerada, deve colocá-lo na geladeira quando chegar em casa.

O sabor da cerveja pode mudar com base no copo em que você bebe. Para obter os melhores resultados, é uma boa ideia usar copos específicos para o estilo de cerveja e certifique-se de não usá-los para mais nada, pois mesmo quando limpos, resíduos de outras bebidas, como refrigerante, café ou chá, podem permanecer no copo e reagir com a cerveja.

Caso isso aconteça, saiba como limpar corretamente seu copo.

A validade de acordo com o estilo da cerveja

Como mencionamos antes, o estilo da cerveja também influencia em sua vida útil, pois certos ingredientes ou maneiras de armazenar podem aumentar e muito o prazo de “vencimento” de um estilo de cerveja em relação a outro.

Temos como exemplo as cervejas Pilsen e as de guarda, envelhecidas dentro da própria garrafa, possuem diferentes métodos, ingredientes e prazos de validade.

E lembrando que quando mencionamos validade, nos referimos ao prazo da cerveja de se manter fiel à sua receita, não que ela está estragada. 

Cervejas leves: geralmente é melhor consumir cervejas mais leves, incluindo Pilsens e IPAs dentro de três meses após seu armazenamento no recipiente, porém a vida útil da IPA pode se estender meses, mas geralmente a qualidade da cerveja começa a cair após os primeiros 120 ou mais dias. As cervejas de trigo e Brown Ales são semelhantes, sendo recomendável o consumo dentro dos seus primeiros quatro meses. 

Cervejas escuras: as cervejas mais pesadas demoram um pouco mais antes de atingir o pico do sabor, com vida útil de aproximadamente seis meses. Essa regra se aplica a cervejas mais escuras, incluindo Stouts e Porters. Essas cervejas atingem o pico de sabor 180 dias após a embalagem.

Cervejas envelhecidas em barris: como o nome sugere, as cervejas envelhecidas em barris às vezes são melhores quanto mais tempo permanecem na prateleira. Essas cervejas, incluindo as Sour Ales e Imperial, tendem a ter um teor alcoólico mais alto e precisam de tempo para atingir seu sabor máximo. O agente de acidificação nas cervejas não para de funcionar até vários anos depois, o que significa que o sabor da cerveja pode continuar a evoluir muito depois de embalada. A oxidação acaba sendo um benefício para as cervejas envelhecidas em barris, e os barris permitem que pequenas quantidades de ar interajam com a cerveja por um período mais longo para aproveitar as reações químicas.

Armazenar cerveja corretamente é crucial e, para isso, você precisa saber o que funciona e o que não funciona para um determinado tipo de cerveja.

Armazenando a cerveja a longo prazo

Guardar a cerveja em pé na geladeira

Como mencionamos nos primeiros parágrafos, a cerveja pode demorar um tempo até atingir o ápice de seu sabor, isso vai de estilo para estilo, portanto armazená-la pelo tempo correto e nas condições ideais pode fazer com que sua experiência seja incrível, ou um desastre!

A maioria das cervejas precisa de apenas três coisas para preservar e prolongar sua vida útil:

1. Armazenamento correto

O armazenamento, como já mencionamos, depende de fatores como a embalagem (em uma garrafa, lata, barril ou growler) e do tipo de cerveja.

Um lugar fresco e escuro é o ideal universal, com a definição de “fresco” distintamente entre a temperatura ambiente e o congelamento. 

2. Posição vertical

É melhor manter recipientes maiores, como barris, longe de outros alimentos para reduzir qualquer risco de contaminação. Você deve sempre tentar armazenar os recipientes de cerveja em pé, e não deitada.

Mesmo se você estiver envelhecendo cerveja em uma adega, a posição vertical é o melhor caminho, juntamente com o mínimo de movimento possível. 

3. Controle de temperatura

Luz e calor podem acelerar rapidamente o prazo de validade de uma cerveja, então refrigerar é sempre uma opção melhor do que deixá-la em temperatura ambiente. O frio ajudará a retardar o processo de envelhecimento, que basicamente começa imediatamente após a embalagem.

O escuro mantém a cerveja protegida dos efeitos dos raios ultravioleta, bem como do calor. Mesmo a iluminação fluorescente pode prejudicar a qualidade da cerveja se você optar por armazená-la fora da geladeira. 

Se você compra muita cerveja que não planeja consumir por várias semanas ou meses, mantê-la na geladeira é a melhor maneira de conservar o seu sabor original. Se não houver espaço na geladeira, uma área fresca e escura é a segunda melhor opção, idealmente uma em que a cerveja possa permanecer intacta até que você esteja pronto para bebê-la.

Curso como fazer cerveja (1)
👇 Gostou do conteúdo? Compartilhe o conhecimento!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.