Cerveja Colorado: principais rótulos e sua história!

Colorado

Fundada em 1996, a Cervejaria Colorado hoje desponta como uma das maiores e melhores do mercado nacional. Quando se imagina cerveja artesanal brasileira, ela tem de estar presente pois une ao malte e lúpulo ingredientes tipicamente nacionais como mandioca, mel, café e rapadura. E à frente destas garrafas de rótulo colorido está o carioca Marcelo Carneiro, que foi à Ribeirão Preto montar sua linha de produção.

A cerveja surgiu na vida como um negócio mas hoje é uma paixão que faz com que ele compartilhe com nós cervejeiros caseiros. A Colorado doou para diversas ACervAs do país pequenas plantas cervejeiras, como forma de incentivar e apoiar homebrewers.

Sua famosa logo, um urso, foi desenhada por Marcelo Carneiro e Randy Mosher. O americano é um dos designers mais respeitados no mundo cervejeiro e desenha até hoje todos os rótulos da marca.

Prova desta aproximação é a Demoiselle, cuja receita foi desenvolvida pelo cervejeiro caseiro carioca Ricardo Rosa. Esta cerveja conquistou a medalha de ouro no European Beer Star 2008, na categoria Porter.

Em uma entrevista exclusiva com o Marcelo Carneiro, em Junho de 2011, ele nos contou muito sobre a origem da cerveja, suas referências e o crescimento da Colorado, e na conversa os principais pontos mencionados por ele foram:

  • Venho a Ribeirão Preto desde a adolescência, sempre gostei da cidade. Além de ter uma água boa, o povo é acolhedor e o clima maravilhoso. Na minha cabeça não haveria lugar melhor para instalar uma cervejaria. O nome Colorado foi muito debatido, e escolhido por ter uma origem latina, mas também indicar um lugar onde se fabrica boa cerveja.
  • Achávamos que nossos rótulos tinham que ser diferentes e contar uma história, exatamente como as nossas cervejas, por isso, fomos procurar uma agência de publicidade no exterior que trabalhava somente com cervejarias;
  • Na Colorado se acredita que toda cerveja deve refletir a sua situação geográfica, assim como algumas cervejas estrangeiras bem famosas, por isso optamos por elementos regionais em nossa cerveja, como por exemplo a Índica que leva rapadura ou Appia que leva mel;
  • O marketing digital foi importantíssimo, não só para a Colorado, como para todas as micro cervejarias que normalmente tem pouco dinheiro para estar na grande mídia.

Marcelo, se espelha no crescimento de duas nações que tem despontado no mercado mundial. A abrangência das cervejas artesanais no mercado americano é o futuro que ele deseja para nós, brasileiros.

E a marca não para de crescer e inovar, com linhas únicas e sazonais, produtos focados não só nas regiões brasileiras mas como também em personalidades, como Alceu Valença e Tim Maia, criando uma forte identidade com o Brasil e suas crenças.

Principais rótulos da Colorado

Cauim

  • Pilsen + Mandioca
  • IBU 16
  • ABV 4,5 %

Descrição: Feita com fermento alemão, malte importado, lúpulo tcheco e a brasileiríssima mandioca. Cerveja clara, de baixa fermentação e leve amargor. Refrescante, a Cauim é ideal para dias de calor.

Harmonização: Saladas, petiscos, sushi e pizza.

Cauim 016

  • Pilsen + Mandioca + Dry Hopping
  • IBU 16
  • ABV 4,2%

Descrição: Cerveja clara, de baixa fermentação, baixo amargor, leve, refrescante e superaromática graças ao dry hopping com lúpulos franceses. Composta por malte Pilsen, maltes especiais, levedura de baixa fermentação, fécula de mandioca e lúpulos franceses.

Harmonização: Salada, petisco sushi e pizza.

Appia

  • Trigo + Mel
  • IBU 10
  • ABV 5,5%

Descrição: Feita com cevada, trigo maltado, lúpulo, fermento inglês e um toque brasileiro de Mel de Flor de Laranjeira. Possui espuma cremosa e adocicada, bem refrescante, ideal para o Verão.

Harmonização: Queijo brie, pernil e massas leves.

Indica

  • IPA+ Rapadura
  • IBU 45
  • ABV 7%

Descrição: Tradicional India Pale Ale, lupulada e alcoólica, inspirada na escola inglesa de cervejas. Composta por lúpulo inglês, malte pilsen, malte caramelo e a rapadura brasileira.

Harmonização: Pratos fortes, como mariscos e caças, queijo gorgonzola e pratos picantes.

Demoiselle

  • Porter + Café
  • IBU 22
  • ABV 6%

Descrição: Cerveja de coloração escura, malteada e robusta, com sabor marcante de tostado. É feita da combinação de água, malte de cevada, lúpulo, levedura e café, sendo o último responsável também pelo seu singular aroma.

Harmonização: Queijo parmesão, chocolate e frutas vermelhas.

Vixnu

  • Imperial IPA + Rapadura
  • IBU 75
  • ABV 9,5%

Descrição: Receita que realça o malte e o lúpulo, com aromas cítricos e de maracujá. Cerveja bastante lupulada e alcoólica de coloração avermelhada. O dry hopping feito com lúpulos americanos e adição de rapadura em sua receita conferem a essa cerveja um delicioso equilíbrio entre o sabor de malte e as notas críticas de maracujá.

Harmonização: Queijos gorgonzola e Stilton, carnes secas e de cordeiro.

Ithaca

  • Imperial Stout + Rapadura Queimada
  • IBU 52
  • ABV 10,5%

Descrição: Feita com malte, lúpulo e rapadura queimada. Tem elevada longevidade e evolução de sabores com o tempo. Por isso, recomenda-se manter em local escuro, fresco e consumir a temperatura entre 12 e 16 graus.

Harmonização: Carnes de caça, queijos duros bem maturados, presunto cru e sobremesas caramelizadas, como crème brûlée e pudim de leite.

Berthô

  • Double Brown Ale + Castanha do Pará
  • IBU 35
  • ABV 8%

Descrição: Uma Double Brown Ale feita com Bertholletia Excelsa. Mas pode chamá-la simplesmente de Berthô, a cerveja que foi buscar na culinária mais diversificada do Brasil o seu ingrediente especial: a castanha-do-Pará. O tom adocicado do malte, combinado com o amargor dos lúpulos especiais e da castanha, criam um sabor único e inconfundível, assim como a cultura paraense.

Harmonização: Queijo Gouda, hambúrguer e sobremesas à base de castanhas.

Eugênia

  • Session Ipa + Uvaia
  • IBU 40
  • ABV 4,5 %

Descrição: Eugênia é uma cerveja do estilo Session IPA, com aromas marcantes dos lúpulos americanos, alemães e franceses, com um ingrediente especial: a fruta Uvaia, típica da Mata Atlântica, rica em vitamina C e A, super aromática e com sabor cítrico. A Colorado Eugênia é leve, refrescante e amarga na medida (40 IBU). 

Harmonização: Ceviche, comida mexicana (tacos, quesadilla), chicken wings, petiscos, churrasco e sobremesas ácidas.

Nassau

  • White Ipa + Caju
  • IBU 47
  • ABV 5,8%

Descrição: A Colorado Nassau é um White IPA feita com adição de caju em conjunto com Dry hopping usando o lúpulo Equinox. Cerveja clara e não filtrada, sabor marcante com amargor presente na medida, tem aroma de frutas tropicais para destacar o aroma do caju. 

Harmonização: Frutos do mar, comidas apimentadas e queijos fortes.

Murica

  • Cream Ale + Graviola
  • IBU 20
  • ABV 4,7%

Descrição: Apaixonados pela miscigenação brasileira, casou-se a maciez da Cream Ale (família Pale Ale) com o agridoce da Graviola, fruta que nasceu no Caribe e cresce no brasil há mais de 500 anos. Tanto, que já tem até apelido: araticum, coração-de-rainha ou jaca-do-pará, mas o nome de batismo mesmo é Annona Muricata. Assim nasceu a Cerveja Colorado Murica.

Harmonização: Carnes leves como frango e salmão, saladas e queijo brie.

Morena Tropicana

  • Lager + Umbu e Cajá
  • IBU 10
  • ABV 4,3%

Descrição: A Colorado Morena Tropicana é uma cerveja lager do estilo fruit beer, muito fácil de beber. O umbu e o cajá trazem um sabor frutado, com leve adstringência e dulçor.

Harmonização: Petiscos e sobremesas.

Ribeirão Lager

  • Lager + Casca de Laranja
  • IBU 20
  • ABV 4,5%

Descrição: Uma cerveja que o nome já diz tudo. Nascida em Ribeirão Preto, nossa casa, é uma lager leve e refrescante, mas com a cara da Colorado, uma cervejaria que nunca faria mais do mesmo. 

Harmonização: Churrasco, petiscos e comida de boteco.

Guanabara

Imperial Stout + Rapadura Queimada

IBU 52

ABV 10,5%

Descrição: A Guanabara Wood Aged é diferente. Tão diferente, que fica até difícil explicar qual o sabor dela. Mas, vamos lá: ela é uma Imperial Russian Stout com rapadura queimada do Seu Zé e da Dona Maria. Tem 10,5% de álcool e é envelhecida em barril de Umburana. Tudo, claro, vindo da nossa querida terra, o Brasil. Esse encontro de ingredientes brasileiros com o barril deu origem a um sabor que já ganhou 34 prêmios ao redor do mundo. E ainda transformou a Guanabara na cerveja mais premiada da Colorado.

Harmonização: Chocolate Homus Massa ao Molho Branco Tiramisu Torta de Creme

Colorado

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

6 Comentários

  1. Essa Ithaca é boa demais!

    Parabéns pela entrevista

  2. adorei suas cervejas sabores únicos e diferente de qualquer cerveja !! e o nome e o slogan da cerveja nota 10, primeiramente chama atenção pelo rotulo e se apaixona pelo sabor!!! abraço

  3. Boa tarde. Como faço pra comprar cervejas de vocês? Sou desgastador e queria muito comprar de vocês. Obrigado.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.