propriedades do lúpulo

O lúpulo e suas propriedades: aprenda como você pode explorá-las

O lúpulo é um ingrediente que muitos cervejeiros adoram, e não é por menos, pois afinal ele é o responsável por adicionar amargor a sua cerveja e também o aroma — onde o dry hopping é uma técnica que vem sendo muito utilizada para isso.

Por isso hoje falaremos um pouco mais sobre como explorar essas propriedades durante a fabricação da cerveja caseira.

O lúpulo na cerveja

No processo de fabricação da cerveja, especificamente durante a fervura, é colocado o lúpulo, responsável pelo amargor da cerveja e sua função é muito importante não só por contra-balancear o extremo dulçor do malte, mas por ser um conservante natural.

Nas cervejas comerciais, o lúpulo aparece quase que só para quebrar o doce maltado, mas em cervejas caseiras nota-se em diversos estilos aromas e sabores provenientes desta flor. Ele pode vir em forma de pallet ou em flor (ao natural) e é usado durante o processo de fervura, para a isomerização dos alfa-ácidos e proporcionar o amargor desejado.

Aroma, sabor ou amargor do lúpulo

De acordo com o tempo de fervura a que este lúpulo for exposto, ele trará um resultado diferente e como já falamos, esses resultados podem ser o aroma, sabor ou amargor do lúpulo, três propriedades que são extremamente importantes para qualquer tipo de cerveja.

A tabela abaixo traça uma relação entre o tempo de fervura e a eficiência quando se quer obter amargor, sabor e aroma com o lúpulo utilizado:

Amargor do lúpulo na cerveja

Desta forma, o ideal é que se coloque o lúpulo para amargor faltando entre 60 e 70 minutos para o fim quando se quer obter o máximo do amargor, atingindo a maior taxa de isomerização dos alfa-ácidos.

Sabor do lúpulo na cerveja

O sabor é algo que muitos cervejeiros buscam, afinal, somos (em grande parte) apaixonados por cervejas que possuem certo amargor como as IPAs, o destaque para o sabor de lúpulo fica entre os 15 e 30 minutos finais.

Aroma do lúpulo na cerveja

O aroma apenas é obtido se for inserido nos últimos 10 minutos de fervura, tendo o auge na casa dos 5 minutos. Desta forma, deve-se ter cuidado com as proporções adequadas e o tempo, para a cerveja se manter equilibrada dentro do seu estilo.

E, além disto, utilizar adequadamente o potencial de cada lúpulo, deixando os com maior quantidade de alfa-ácidos para amargor e os mais fracos em alfa-ácidos porém mais aromáticos para aroma e sabor.

Um técnica interessante, e que te força a trabalhar em todas estas faixas é a de lupulagem contínua, quando se coloca lúpulos de 5 em 5 minutos durante toda a fervura, a partir dos 60 minutos finais. Cervejas extremamente lupuladas como a IPA tem bom resultado quando feitas assim.

O dry hopping

E para terminar, o lúpulo ainda pode ser utilizado inserido a seco na maturação, fermentação ou até mesmo no envase, técnica conhecida como dry hopping, quando ele vai conferir um aroma mais fresco e marcante na cerveja. O lúpulo pode ser inserido na cerveja diretamente ou através de uma bolsa (tipo pacote de chá) para ser futuramente retirado.

Esta infusão usualmente é de 3 a 4 dias. Ele é muito comum nas cervejas com aroma lupulado destacado, como Bohemian Pilseners e IPAs, por exemplo. Na cerveja artesanal, o lúpulo ganha muito destaque, o que infelizmente não acontece nas cervejas de massa. Nós somos fãs do amargo.

Não sei quem foi que disse que amargo é algo ruim, mas este nunca tomou uma bela American IPA.

Espero que tenham gostado do conteúdo e como lúpulo é algo de seu interesse temos aqui mais dois artigos que podem ajudar você, que tal conferir?

1. Qual tipo de lúpulo escolher: conheça os principais lúpulos do mundo
2. Como armazenar o lúpulo: aprenda as boas práticas

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

8 Comentários

    Farei minha primeira leva em alguns dias. Não pretendo utilizar lúpulo de amargor, mas o IBU será alcançado usando cerca de 200g de lúpulo para a 20L de cerveja…

    Vai ficar uma beleza 😀

    Fiquei com uma duvida, no caso de sabor que ele n eh inserido nem no inicio nem no fim, entre 20 e 40 min finais, mas a que temperatura? Digo isso pq como homebrew n atinjo os 100graus e demoro pra resfriar o mosto, ou seja, manterá em alta temperatura por mais tempo e abaixo da temperatura de fervura.

Os comentários estão fechados.