Artigos Cervejas Caseiras

Como armazenar fermento seco e líquido

armazenar fermento
Escrito por Carlos Lara

Você que produz cerveja ou até a pessoa que vai começar a produzir precisa saber da importância de armazenar seus insumo, sejam eles fermento, lúpulo ou malte. Por isso hoje traremos dicas sobre como armazenar o fermento cervejeiro e problemas que você pode encontrar.

Para inicio de conversa devemos ressaltar que o seu fermento deve sempre ser armazenado na geladeira e em um ambiente esterilizado para evitar contaminações, essa é uma regra básica do armazenamento.

Problemas com o armazenamento

No armazenamento nós enfrentamos dois problemas principais que podem atrapalhar toda a sua produção. Por isso falaremos logo abaixo um pouco sobre cada um deles, o que causam e também a solução ideal para cada um dos casos:

Perda de viabilidade

Quando sua fonte de leveduras possui uma boa quantidade de células viáveis, ou seja, vivas, com pouca mutação, “ativadas” e em n° adequado (para calcular esse nº siga essa fórmula: 0,75 p/ ales ou 1,5 p/ lagers milhões de células viáveis de fermento X graus platos de densidade x ml de mosto = quantidade de células necessárias).

Um fermento mal armazenado vai rapidamente perdendo sua viabilidade e por isso temos que prestar atenção para inocular corretamente.

Soluções

Para solucionar esse problema, podemos citar aqui três alternativas tanto para fermentos secos quanto líquidos.

1. Fermentos secos: armazene-os fechados, na geladeira, prestando atenção ao seu prazo de validade. Se preciso inocule 2 ou até 3 pacotes de fermento conforme essa tabela.

2. Fermentos líquidos: bem, eles não são revendidos pelas fornecedores nacionais e também não aconselho compra-los online nas lojas estrangeiras pois o tempo de viagem é grande e a sua fragilidade é menor. Peça para um amigo trazer para você na mala, de preferência enrolado em um saco em gel congelado para manter a temperatura e assim que chega leve-o diretamente para a geladeira.

Use o mais cedo possível pois sua viabilidade cai rapidamente e sempre faça um starter para garantir.

3. Lama: guarde a lama em um pote sanitizado/esterilizado na geladeira e por não mais de um mês. Nesse caso pode usa-la normalmente, mas se passar de 1 ou 2 semanas, um starter é aconselhável.

Contaminações

Bem, acham que a maioria já sabe que após a fase da fervura todo cuidado com contaminação é bem vindo em especial quando o problema pode ser advindo de um fermento mal cuidado.

Soluções

Por incrível que pareça as soluções são as mesmas citadas acima, mas nunca é demais ressaltar a importância em se ter atenção com o armazenamento e validade do seu fermento.

Esperamos que você tenha tirado suas dúvidas sobre o armazenamento de fermento, caso queira conferir como armazenar outros insumos é só dar uma checada nos links abaixo:

Aprenda como armazenar o malte corretamente
Como armazenar o lúpulo: aprenda as boas práticas

Esperamos que eles te ajudem, e você pode acompanhar o nosso trabalho também nas redes sociais, estamos no Facebook, Twitter e Instagram!

aprender a fazer cerveja em casaPowered by Rock Convert

Sobre o Autor

Carlos Lara

Marketeiro e cervejeiro de buteco. Criei a minha paixão pela cerveja há um tempo, principalmente vendo jogos de futebol e tomando uma boa cerveja com o meu pai, e hoje escrevo conteúdos sobre diversos assuntos nas horas vagas.

3 Comentários

  • Envasei uma leva neste domingo que apresentou uma FG muito superior a esperada.
    OG – 1,049
    FG – 1,023
    Atenuação – 53%.
    O air lock borbulhou, mas não tão vigorosamente como todas as levas que jah fiz anteriormente. Inclusive, a solução de agua e alcool no air lock aparecia intacta apesar de cheirar a cerveja. Ficou no total 8 dias fermentando.
    Não sei exatamente o que pode ter acontecido, mas lendo o seu post notei que vc ressaltou a necessidade de armazenar o fermento na geladeira.
    Pois bem, o meu sachet de fermento seco US-05 ficou guardado fora da geladeira por 1 semana desde a data da compra até a data da brassagem.
    A minha pergunta é: apesar de não ter seguido a instrução correta de armazenamento, será que 1 semana fora da geladeira seria a causa da baixa atenuação, isto é, seria razoável jogar toda a culpa em 1 semana a temperatura ambiente???
    Muito obrigado!

Comentar