cerveja de maracujá

Cerveja com polpa de maracujá: aprenda como fazer!

A produção das cervejas caseiras Maracujá Ale e depois da MaracujIPA pelo Homini Lúpulo chamaram atenção pela escolha inusitada do ingrediente. Afinal, o que esta fruta tem a ver com cerveja?

Bem, essa resposta é a causa desta experiência: lúpulos cítricos!

Amarillo, Simcoe e outros lúpulos americanos produzem um sabor e aroma que se assemelham ao maracujá, como as comercias Hardcore IPA, Colorado Índica, Punk IPA e diversas outras.

Produzindo uma cerveja com maracujá

Na primeira tentativa, foram seguidos os parâmetros de Ray Daniel para produzir uma fruit beer. Os quantidades e resultados foram:

  • A polpa de dois maracujás, resultando em aproximadamente 200ml
  • Coador para deixá-las devidamente coadas
  • Quantidade para 2 litros de Pale Ale
  • Adicionados na maturação.

O resultado foi uma cerveja de maracujá, literalmente. Tanto no aroma quanto no sabor, ele dominava totalmente as ações, alterando até a cor da cerveja. Alguns gostaram muito, outros pouco, mas a acidez ficou marcante, mais do que gostaríamos.

A segunda leva, a MaracujIPA, foi uma american India Pale Ale já com amarillo e foi necessário:

  • 4 maracujás
  • Pouco menos de 400ml de polpa
  • Quantidade para 18 litros de cerveja.

O resultado foi muito mais equilibrado, pois esta fruta precisa ser bem diluída. No sabor, o maracujá aparece suavemente, com um final amargo agradável. O aroma da fruta é marcante, e percebe-se a diferença de utilizar lúpulos que lembram o maracujá e usar a própria fruta. Ponto para o aroma natural.

Dicas para a produção

Se você pensa em fazer uma fruit bier assim, aqui vão algumas dicas muito importantes:

1. O maracujá é muito forte e azedo, portanto, grandes quantidades são perigosas. Da mesma forma, mesmo em pequenas quantidades ele aparece bem.

2. Ele pode ser adicionado na fermentação, maturação eu até antes do envase. Quanto mais perto do fim do processo, mais suas propriedades naturais serão preservadas.

3. Você pode usar polpa de maracujá direto da fruta ou polpa congelada e pasteurizada. A polpa pasteurizada tem a vantagem de diminuir a chance de contaminação. Nas duas tentativas não tivemos problemas usando a polpa natural.

O mais legal de fazer cerveja em casa, na nossa concepção, é criar, inventar e ter algo único.

A utilização de frutas, pouco comum nas cervejas comerciais, traz resultados muito interessantes. Na produção de cerveja caseira não ter medo de arriscar faz muito bem. E se não ficar tão bom, na segunda tentativa pode-se fazer uma grande cerveja!

Gostou das dicas? Dá uma olhada aqui nas nossas receitas de cerveja e prepare a sua própria: ACESSAR RECEITAS!

Um abraço.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

16 Comentários

    Eu também me aventurei por esse caminho e fiz a Maracugina, uma Witbier com Maracujá na maturação.
    Ela tem feito muito sucesso inclusive com aqueles que não gostam muito de cerveja por ser refrescante e fácil de tomar.

    Acho que o grande truque de fazer fruit beer é saber escolher qual cerveja base combina melhor com qual fruta.

      Linus,

      Fiz uma Witbier, mas utilizei muito, mas muito trigo não maltado, isso só me gerou problemas, inclusive a cor dela não está legal, além de muito turva(problemas na recirculação), ela está branca de mais. Pensei em utilizar o maracujá para ajustar a cor, além de dar um aroma e gosto especiais.
      Acha que a cor mudará?

    vocês poderiam explicar um pouco melhor a adição do maracujá na fermentação no caso de colocar a fruta “in natura”? as sementes foram coadas? a fruta foi batida em liquidificador antes de adicionada? foi colocada dentro de um infusor ou saco de voile? etc…

    Felipe, não explicamos por não haver tanto a explicar. Apenas coamos a fruta e jogamos na cerveja. Nada além disto. Agora, utilizamos na maturação. Se colocar na fermentação terá outro resultado, pois a fruta tb irá interagir com o fermento.

    Srs., olha eu ‘upando’ essa publicação rsrs.
    Uma dúvida. Pretendo fazer uma fruit beer pela primeira vez, e tinha em mente inserir a polpa de fruta (pretendo fazer mistura de maracujá, jabuticaba e amora) durante a fervura, mas vi que nesse post vocês mencionam a inserção da fruta na maturação ou fermentação/envase apenas. Há algum problema em inserir a polpa em etapas anteriores (mostagem ou fervura)?
    Obrigado,
    Fernando

    A fruta, adicionada na maturação, libera mto açúcar? Qto foi necessário diminuir no priming?

    qual a quantidade de agua brassagem?

    Será que combinaria adicionar o maracujá numa pilsen?

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.