Beber e Comer Harmonização

Fondue e Cerveja: aprenda aqui como harmonizar!

Escrito por Carlos Lara
SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

Quando se pensa em fondue pensa-se logo em vinho, nada de errado com isso, temos até amigos que gostam de bebê-lo, não é?

Mas se poucas pessoas sabem que a cerveja também pode ser uma combinação interessante, imagine quantas colocam isso em prática? Apostamos que menos ainda.

Por isso hoje vamos falar um pouco mais sobre como harmonizar cerveja com esse caloroso prato. Prato não, panela!

Fundue e cerveja

O inverno é propício para o fondue, vinho e chocolates, até porque são uma ótima opção para se aquecer e reunir os amigos em casa. Mas há uma pequena controvérsia ai, porque na verdade é que quando pensamos em cerveja, logo vem a imagem a imagem de uma estupidamente gelada.

Desta forma, ela num dia frio não cairia bem.

E mais, desprovida de sabor, as cervejas comerciais não combinam bem com a imensa maioria das comidas. Mas existe todo um universo de cervejas de boa qualidade que fazem excelentes harmonizações com os pratos mais variados.

Fondue de queijo

O primeiro fondue a analizarmos, então, será o de queijo. Assim como o queijo no seu estado natural, as cervejas que harmonizam bem são as mais delicadas e sem notas marcantes de torreifação.

Vale a experiência com cervejas de estilos como Pilsen, Blonde Ale e Strong Golden Ale.

No caso, provamos a Falke Monasterium, uma Tripel mineira muito saborosa. Delicada, seu sabor harmoniza muito bem com o queijo. O doce da cerveja se equilibra com o salgado do queijo. No caso de um fondue com maior concentração de queijos mais fortes, como gorgonzola, uma Pale Ale ou até Porter ou Dunkel pode cair muito bem.

Fondue de carne

O fondue de carne já requer uma atenção especial, pois ele pode ser feito de diversas formas.

Primeiro, a carne pode ser frita ou apenas aquecida em caldo de carne. Depois, pode ser molhada no queijo, ou então, em molhos diversos. Logo, cada combinação desta pede determinadas cervejas.

A carne, por si só, harmoniza tradicionalmente com Dunkel, Schwarzbier, Pale Ale. Se utilizado o queijo como molho, as cervejas indicadas são as mesmas citadas no fondue de queijo, podendo Pale Ales se encaixar até melhor por conta da carne ao invés do pão.

No caso de molhos, BBQ pede IPA ou Rauchbier. Uma Bock pode cair bem com molho de mostarda, e um molho mais condimentado, em geral, fará dupla com cervejas muito lupuladas.

Fondue com chocolate

A hora boa, da sobremesa, também serve como quebra deste conceito que cerveja não vai bem com doce. As notas de torreifação do chocolate são muito semelhantes às das cervejas que utilizam malte de cevada torrado.

Logo, experimente Dunkel, Porter, Stout, Bock e Belgian Dark Ales.

Chocolates mais amargos combinam com cervejas igualmente mais torradas e lupuladas. Logo, para o fondue de chocolate, que mistura a versão ao leite com meio amarga, a escolha foi de uma Belgian Dark Strong Ale, a Gouden Carolus Classic.

De sabor frutado, caramelado e torrado, está deliciosa cerveja belga harmonizou muito bem com o chocolate por semelhança. O sabores parecidos, mistura de doce com torrado, se combinam.

Resumindo, o fondue é uma farta oportunidade para harmonizações com cervejas. Para os dias mais frios, Strong Ales belgas são boas pedidas, pois tem o teor alcoólico alto, gerando um certo aquecimento, e não precisam ser servidas em temperaturas baixas.

Cerveja e inverno combinam e muito. Aproveite!

E se você quiser aprender mais sobre harmonização, é só checar nossa seleção de conteúdos sobre o assunto.

Sobre o Autor

Carlos Lara

Marketeiro e Sommelier de Cerveja. Criei a minha paixão pela cerveja há um tempo, principalmente vendo jogos de futebol e hoje escrevo conteúdos sobre diversos assuntos nas horas vagas.

1 Comentário

Comentar