Cerveja Deus

Cerveja Deus: uma das cervejas mais caras produzidas na Bélgica

SEGUIR NO INSTAGRAMPowered by Rock Convert

“Traga uma Deus”, esse é o pedido que muitos amigos de cervejeiros escutam quando vão à Bélgica.

É como pedir eletrônicos para um viajante que vai ao Paraguai. Entretanto, existe uma mística muito maior sobre a cerveja belga Deus. E não é apenas pelo seu nome, mas sim pelo método com que é feita, que possui uma segunda fermentação feita no método de uma champagne. 

Com tudo isso envolto dessa cerveja, além de famosa, também possui um preço bem elevado no Brasil. É comum encontrar uma única garrafa, de 750 ml por mais de R$300 reais.

Para ser mais exato, coloco abaixo uma imagem de 2019 com preços atualizados. 

Já em país de origem, é possível encontrar a famosa cerveja na faixa entre 20 a 30 euros. E agora a fazer “traga uma Deus” faz mais sentido, não é?

Definitivamente esta é uma cerveja que desperta curiosidade, afinal, qual o por que de todo esse burburinho ao redor dela, além do valor? E é isso que vamos abordar neste artigo, as características que tornam a Deus tão especial. Continue lendo e confira!

Origem e processo de Produção da cerveja Deus

Afinal, como descrever esta bebida? Entender o processo de produção que envolve essa cerveja ajuda a entender tanto o seu valor alto, quanto o porque de investir nessa bebida, pelo menos uma vez na vida. 

Primeiramente, é produzida na Bélgica com um processo normal de uma cerveja mesmo, uma clara Ale, onde são usados apenas água e malte. Por lá é feita a primeira e segunda fermentação, onde recebe mais açúcar para chegar a um resultado esperado. 

Após isto, ela é levada para a França, em Reims, que fica na região da famosa Champagne.  Nessa parte do processo é onde aquela matéria prima (fermentada e maturada) é tratada como uma champagne, utilizando o método champenoise.  

Mas não é algo tão simples, a cerveja é então armazenada em garrafas de champagne e passa a ter o mesmo processo que os vinhos locais, onde fica repousando em caves.

Método champenoise

É um trabalho demorado e cuidadoso, e que a torna tão única. Talvez ela não seja bem uma cerveja, tampouco um espumante. Então o que seria?

Durante o período de 1 ano é feito o processo de remuage. Esse processo consiste em todos os dias girar a garrafa para que os sedimentos fiquem no gargalo. Depois, todas as impurezas são retiradas e a garrafa é fechada já para pronta para a distribuição. 

Só depois desse ano, e da finalização da cerveja, é que ela retorna para a Bélgica, e então pode ser distribuída comercialmente. 

Outro ponto que deve ser destacado, e que tem relação com o valor da cerveja repassado ao consumidor, é que são produzidas apenas 15 mil garrafas por ano. 

Logo, a quantidade de garrafas produzidas e o tempo de produção, são fatores que influenciam em seu preço final. 

Características da Cerveja Deus 

A cerveja Deus, faz parte da família das Ale, desse modo, tem um sabor e aroma mais frutado, porém, é mais encorpada do que a maioria das cervejas Ale.

Outras características importantes são:

  • Cervejaria: Brouwerij Bosteels
  • Copo Sugerido: Flute
  • Origem: Buggenhout – Bélgica
  • Quantidade: 750ml
  • Teor Alcoólico: 11.5%
  • Temperatura Ideal: 6ºC a 8ºC

Outra dica, é que a harmonização da Deus se sai melhor com entradas, petiscos leves como peixe, ostras e frutos do mar. Harmonizar com comidas muito pesadas pode não ser uma boa opção e interferir na sua experiência com essa famosa cerveja. 

Degustação da cerveja Deus

Após muito sofrimento para voltar da viagem em virtude do vulcão islandês, chegou até aqui, na minha humilde casa, uma Deus Brut des Flandres. 

A expectativa era bem grande, e para acompanhar merecia algo especial. Assim, preparamos pizzas (com massa caseira, é claro) de dois sabores: marguerita e gorgonzola com pera. Sabores leves, que imaginamos combinar bem com a leve e borbulhante loura belga. Pronta a pizza e a Deus bem gelada (entre 6ºC a 8ºC), não perdermos mais tempo. 

A garrafa, a rolha, é tudo como uma champagne mesmo, não se nota qualquer diferença. Após a explosão na abertura, que logicamente não foi como Fórmula 1, os copos foram servidos e partimos para o brinde: “A Deus!

O primeiro gole foi tenso, talvez. Afinal, como seria a tal cerveja? Mas antes disso, vamos à primeira impressão visual. Ao servir o primeiro copo ela quase transbordou, como um espumante deve ser.

Com a aparência acontece a mesma coisa, mas com uma exceção: ela não é esverdeada, tem a cor dourada de uma cerveja mesmo, só que borbulhante.

Tomado o primeiro gole, temos a certeza de que estamos tomando algo especial, diferente de tudo. Ela é bastante leve e tem um forte sabor frutado. Amargor mesmo não há praticamente nenhum, ela é inclusive uma cerveja bastante adocicada. A combinação com a pizza foi interessante.

Ao contrário do champagne, ela pede um acompanhamento, pois chega a ser um pouco enjoativa ao ser tomada sozinha. Após o terceiro copo, confesso que me veio um gosto marcante de licor de anis.

Cervejaria produtora da Cerveja Deus

A Deus é produzida pela cervejaria Bosteels, fundada em 1971. A cervejaria pertenceu à mesma família por mais de 200 anos, e passou pelas mãos de sete gerações diferentes. Entretanto, em 2016 foi vendida para AB Inbev. 

Mesmo sob os cuidados da AB Inbev, foram mantidas as fórmulas originais de suas cervejas tradicionais, e também a sua fábrica na cidade de Buggenhout, na Bélgica. 

Visita a cervejaria 

Quem está viajando pela Bélgica, não tem apenas a oportunidade de comprar a famosa cerveja Deus com um preço mais em conta que o do Brasil. Mas pode aproveitar a viagem para visitar a cervejaria Bosteels. 

Os valores da visita podem variar com a época, mas já está incluída a degustação das principais cervejas da marca. 

Cada cerveja é servida em um copo específico para se aproveitar o melhor de cada uma delas.  E ao fim da visita é possível comprar as garrafas da cerveja, assim como os respectivos copos e outros souvenirs. 

Outros rótulos produzido pela Bosteels

Existem outros rótulos famosos produzidos pela cervejaria Bosteels, inclusive com preços até bem mais acessíveis do que a Deus. Alguns deles são:

  • Tripel Karmeliet: Cerveja dourada, com espuma branca e densa. Sua receita é de antes mesmo da criação da cervejaria, datando de 1679. Seu teor alcóolico é de 8%, e seu aroma inclui notas de baunilha, pêssego, de banana e de canela. 
  • Pauwel Kwak: Cerveja que leva o nome de um cervejeiro da época napoleônica. Segunda a história Pauwel Kwak desenvolveu um copo que se encaixava nas carruagens sem derramar. Assim era possível tomar sua cerveja enquanto viajava. Na década de 1980, surgiu então a cerveja Pauwel Kwak feita pela Bosteels, que é servida no mesmo copo daquela época. 

Essa cerveja tem cor mais escura, entre cobre e âmbar. Seu aroma levemente picante com notas de abacaxi e banana. O teor alcóolico é de 8,4% e pode ser harmonizada com queijos, carne de porco e carnes brancas. 

É possível comprar cerveja Deus no Brasil?

Como falamos, a cerveja Deus no Brasil, pode ultrapassar os R$200 reais. É possível encontrar a venda em ecommerces especializados em cervejas especiais. Ainda assim, é difícil encontrar um grande estoque, uma vez que sua fabricação é limitada. 

Também é comercializada em alguns supermercados, que tem uma área dedicada a bebidas importadas. 

Fica aqui um brinde à Bélgica e suas bebidas maravilhosas. E quem puder bebê-la, não perca a chance, é uma experiência diferente, embora seja também muita hype do público cervejeiro.

E se você já teve a oportunidade de tomar a cerveja Deus, nos conte o que achou!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

    20, 30 euros??? Imagina… Aqui na Belgica custa 10 euros no Carrefour (sim, é vendida em qualquer supermercado) e sinceramente? nada de especial… nada que valha os 200 reais cobrados no Brasil!

      Uma boa escolha para inciar o jantar.
      Vale apena de experimentar tem um sabor unico.
      abraços de um amador belga deste cerveja .

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.