Esta é uma receita de cerveja caseira desenvolvida pelo cervejeiro caseiro Linus de Paoli, de estilo belga, witbier, e utilizando polpa de maracujá na maturação.

 

A Maracugina surgiu de como encaro a atividade de fazer cervejas. Para mim antes de tudo fazer cerveja é uma atividade de criação, de exercício da criatividade, imaginação e inovação. De início a vontade foi de experimentar com frutas. Mas qual fruta? E qual cerveja? A primeira combinação que quis experimentar foi de uma cerveja leva com uma fruta cítrica/azeda por isso nada melhor que uma Witbier belga com Tamarindo. Como não encontrei tamarindo na época, experimentei com maracujá e acerola e a combinação witbier com maracujá foi um sucesso de crítica e público. A receita foi a seguinte:
2.5kg malte pilsen
1.5kg malte de trigo
1.5kg trigo não maltado
0.25kg aveia em flocos

5g de Magnum a 45 minutos
15g de Cascade a 30 minutos
15g de Cascade a 5 minutos
10g de semente de coentro a 5 minutos
30g de raspa de casca de laranja a 5 minutos

A brassagem foi feita em rampas:
20 minutos a 50 graus
30 minutos a 62 graus
30 minutos a 68 graus
5 minutos a 78 graus

Consegui de novo 60% de eficiência e o OG deu 1055.
Fermentação a 18oC por 7 dias
Maturação a 1C por 7 dias com adição da polpa de 10 maracujás azedos médios

A polpa do maracujá foi pasteurizada aquecendo no fogão até 80oC e mantendo por 5 minutos e depois congelando em recipiente sanitizado até a adição na maturação (para mais dicas de como usar o maracujá na cerveja caseira, clique aqui)

Engarrafei com primming de açucar cristal (7g/l) misturado a 200ml de água fervida e resfriada antes de adicionar a cerveja.

 

Por: Linus De Paoli, do blog Roten Fuss Bier